Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal > Cursos > Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Humanas e Sociais
Início do conteúdo da página

Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Humanas e Sociais

Processo seletivo para ingresso único e exclusivo no ano de 2024

Edital Nº 020/2024 - normas do processo seletivo

 

Sobre o processo seletivo

O curso foi preparado para comunidades tradicionais do Litoral Norte de São Paulo (quilombolas, caiçaras, indígenas e comunidades do campo).

As aulas serão realizadas no Quilombo da Caçandoca - Ubatuba.

Serão oferecidas por este processo seletivo até 60 (sessenta) vagas para ingresso em 2024 em uma turma, sendo que 50% das vagas (30 vagas) serão destinadas às/aos professoras/es da rede pública da educação básica de Ubatuba, São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba, prioritariamente para docentes em exercício na rede pública e educadoras/es populares que sejam pertencentes às comunidades tradicionais do território.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) fornecerá 30 (trinta) bolsas de estudo no valor mensal de 700,00 durante todo o curso para pessoas matriculadas neste curso.

Para mais informações, consulte o Edital Nº 020/2024.

 

Sobre o curso

Este curso tem por objetivo geral formar educadores e educadoras para atuação profissional docente multidisciplinar junto às populações que trabalham e vivem no e do campo, no âmbito dos anos Finais do Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos e Ensino Médio da Educação Básica, com sólida formação para produção teórico-prática e em condições de promover uma educação como processo emancipatório e permanente, produzindo ações pedagógicas que colaborem para a garantia do direito à educação como propulsora do desenvolvimento integral dos sujeitos campesinos, quilombolas e caiçaras.

Formar profissionais da área de Ciências Humanas e Sociais voltados à atuação para os últimos anos do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, aptos também a atuar em espaços culturais nos quais se produzam e reproduzam aprendizados do campo, quilombola, caiçaras, com reflexões sobre as culturas e o território estando prontos para atuar como mediadores(as) na produção e difusão do conhecimento, democratizando-o e dialogando com as várias fontes de saberes.

Antes de tudo, contribuir para que a formação do ensino superior garanta profissionais que possam atuar com os princípios da educação diferenciada dentro e fora dos territórios (quilombolas, caiçaras e campesinos), garantindo a autonomia dos territórios em uma prática emancipatória e de criação de condições para que as juventudes permaneçam nos territórios.

Para mais informações, consulte o Projeto Pedagógico do Curso.

 

Carga horária total: 3220 horas

 

Coordenação:

 

Documentos:

Projeto Pedagógico do Curso

ATO DECISÓRIO Nº 59/2024 - CG - aprova, em seu anexo, o rol de disciplinas de opção limitada do curso de Licenciatura em Educação do Campo - Ciências Humanas e Sociais

Ato Decisório ConsEPE Nº 281/2024 - aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação do Campo - Ciências Humanas e Sociais

Ato Decisório ConsUni Nº 262/2024 - autoriza oferta única do curso de Licenciatura em Educação do Campo, conforme edital da CAPES nº 23/2023

Portaria da Reitoria Nº 3994/2024 - designa servidores para comporem a Comissão de Homologação de Matrículas de Ingressantes

 

Conteúdo relacionado:

Edital da CAPES nº 23/2023 - seleção de propostas de Instituições de Ensino Superior para a formação de professores em cursos de graduação no âmbito do Parfor Equidade

Programa Nacional de Fomento à Equidade na Formação de Professores da Educação Básica - Parfor Equidade

Registrado em: Cursos de Formação Específica
Fim do conteúdo da página